25.7 C
Maricá
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Maricá: Atendimento é suspenso no posto de Cordeirinho após médicos testarem positivo para Covid

O atendimento no posto de Marinelândia, no bairro de Cordeirinho, região litorânea de Maricá, foi suspenso devido aos três médicos que trabalham na Unidade de Saúde da Família (USF) testarem positivo para a Covid-19.

O informe foi enviado a moradores da região que são acompanhados pelos médicos do posto. Em Maricá, houve um aumento de quase três vezes de pacientes com resultado positivo para a doença. Há ainda uma subnotificação, já que está havendo um atraso enorme na divulgação de resultados de exames de PCR feitos na tenda de atendimento a pacientes com Covid-19 no Centro de Maricá.

Com a explosão de casos após as festas de fim de ano, o que já era esperado já que não houve proibição de festas de Réveillon e teve inclusive queima de fogos organizada pela própria prefeitura de Maricá, o município voltou ao estágio de trabalho remoto para grupos com comorbidades para o funcionalismo público, que trabalha apenas com 50% da capacidade.

Nota da Prefeitura

A prefeitura de Maricá enviou uma nota ao ‘Maricá Info’ informando que não é verdade a suspensão dos serviços na Unidade de Saúde da Família de Cordeirinho. “A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deixa claro ao MaricaInfo, em respeito ao veículo e a seus leitores, que a Unidade de Saúde da Família de Cordeirinho está funcionando normalmente com equipe completa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Destaca-se, inclusive, que, nesta terça-feira (11/01), data da veiculação da postagem equivocada pelo veículo, foram feitos 135 atendimentos na unidade, além da aplicação de 180 vacinas.”

Carnaval

Após divulgar que haveria Carnaval em Maricá, a prefeitura municipal voltou atrás após grande repercussão negativa. No entanto, a prefeitura irá permitir festas em locais fechado, ou seja, os blocos só não poderão desfilar nas ruas, mas terão permissão de acontecer – e aglomerar pessoas – em espaços fechados, como terrenos alugados e espaço de festas.

Segundo a nota da prefeitura, “todo o calendário do Carnaval de 2022 está suspenso, bem como o Carnaval de rua” e que “eventos privados são desaconselhados pela prefeitura, e somente poderão ocorrer se cumprirem à rusca todos os protocolos de proteção individual e coletivo contra a Covid-19”.