Início Governo Vereador do PT é acusado de nepotismo em Maricá

Vereador do PT é acusado de nepotismo em Maricá

Outro vereador da cidade de Maricá está sendo acusado de nepotismo. Dessa vez é o vereador Fabiano Horta (PT), onde, sua esposa foi nomeada na prefeitura de Maricá.
Vereador acusado de nepotismo.
Foto: Sandro Nascimento / O São Gonçalo

Após a decisão judicial que obrigou a prefeitura de Maricá a publicar atos oficiais e pagamentos de gratificações de funcionários, veio a público a nomeação do líder do governo na Câmara Municipal de Maricá.


De acordo com o Jornal Oficial de Maricá, o nome de Rosana Correa dos Santos Horta, esposa do vereador foi revelado na listagem dos cargos comissionados constando como subsecretária municipal de Trabalho, recebendo uma gratificação de 100%, que chega ao valor de R$ 5 mil. 

O juiz da 2ª Vara Cível de Maricá, Rafael Rezende, exigiu que o prefeito Washington Quaquá tornasse pública os nomes e cargos de todos os servidores comissionados, com seus respectivos salários e gratificações devido a uma ação cível, que denunciava a contratação de funcionários fantasmas, que estariam causando um prejuízo de R$ 10 milhões ao município. 

Com a nomeação de sua esposa para o Executivo municipal, Fabiano Horta se junta a outros dois colegas do Legislativo, Marcos Ribeiro (PT) e Aldair Machado da Silva (PPL), o Caiu Motorista (PPL), que indicaram parentes para integrar o primeiros escalões do governo Quaquá.

Nepotismo (do latim nepos, neto ou descendente) é uma forma de corrupção na qual um alto funcionário público utiliza de sua posição para entregar cargos públicos a pessoas ligadas a ele por laços familiares, de forma que outras, as quais possuem uma qualificação melhor, fiquem lesadas.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui