Notícias de Maricá

União de Maricá exalta o nordeste no carnaval 2023

A Escola de Samba União de Maricá apresentou, nesta quinta-feira (19/01), o enredo do carnaval 2023: “Eu sigo Nordestino”, de autoria do carnavalesco Renato Figueiredo. A escola de samba irá exaltar o Nordeste, região de um povo valente, guerreiro e grande caldeirão cultural. Com apoio da Prefeitura de Maricá, escola maricaense fomenta a cultura do carnaval, uma das manifestações populares mais democráticas, que permite a participação de vários setores da sociedade.

O presidente da escola, Tadeu Marinho, conhecido como Tadeuzinho, ressaltou que o enredo foi pensado na homenagem ao povo nordestino. “Nosso enredo traz a raça, superação e a saga do povo nordestino que se supera a cada dia, além de mostrar um pouco da sua tradição. Nosso objetivo é encantar os jurados, o público e irmos rumo a Sapucaí”, disse.

A vermelho, ouro e branco de Maricá vai desfilar na sexta-feira (24/01) com 18 alas, divididas em três setores com 680 componentes, sendo a 11ª agremiação a cruzar a Estrada Intendente Magalhães, na Zona Norte do Rio, pela Série Prata. O samba, interpretados por Matheus Gaúcho e Ito Melodia, levará para avenida o refrão: “Essa gente arretada do Brasil é essência que fulora num ‘repente’, em cada palmo de chão, da pátria mãe gentil, vive nordestinamente”.

O carnavalesco Renato Figueiredo conta que pretende levar para avenida um grito contra a xenofobia, além de passear por toda a tradição nordestina. “O carnaval é uma festa do povo, da união, do respeito a ancestralidade, da luta pela igualdade e liberdade de expressão. É a voz que clama contra quaisquer tipos de preconceitos e exclusões. Enredar o Nordeste é exaltar o Brasil e celebrar o orgulho nordestino. Vamos levar o cordel, o mandacaru e Ariano Suassuna para avenida”, explicou.

A agremiação levará para a comissão de frente a literatura de cordel em forma de arte, com tonalidades preto e branco. A escola começa a ganhar cores nos setores dois e três. A escola ainda contará com dois carros alegóricos e um tripé.

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Maricá, Márcio Jardim, ressaltou a importância da escola de samba para cidade. “A União de Maricá é a única escola da cidade que está na séria prata do carnaval carioca, rumo a Sapucaí. A escola de samba era uma cadeia produtiva, na geração de emprego e renda, promovendo o desenvolvimento econômico através da indústria do turismo. Nossa torcida é a conquista da série ouro, evidenciando ainda mais a escola maricaense, que levará Maricá para o mundo, através de um evento cultural. A cultura do carnaval em nossa cidade traz o desenvolvimento de Maricá, com a valorização dos grandes artistas e produtores que atuam para que esta grande festa aconteça, trazendo alegria para a população”, concluiu.

Botão Voltar ao topo