Região dos Lagos

Búzios: Justiça decreta fechamento, trabalhadores realizam protesto

Após uma decisão da justiça decretar o retorno à bandeira Vermelha – Risco 3 e determinar o fechamento da cidade para o turismo e a saída dos visitantes em até 72 horas, comerciantes e trabalhadores da área do turismo realizaram uma grande manifestação em Armação dos Búzios.

Cerca de 500 pessoas se reuniram por volta das 8h30 em frente ao fórum da cidade para manifestar. Entre os manifestantes estavam comerciantes, trabalhadores de pousadas, hotéis, agentes de turismo, entre outros. Os manifestantes carregavam placas com dizeres de “Búzios Não Fecha” e “Lockdown Não”.

Com a decisão, os turistas que estão hospedados no município terão 72 horas para deixar os meios de hospedagem. A bandeira vermelha sinaliza o risco muito elevado de colapso da rede de saúde e a necessidade de isolamento social completo. Em caso de descumprimento da decisão, o município terá que pagar multa de R$ 100 mil por dia.

Além da paralisação do setor turístico, a decisão leva a Prefeitura a retroagir imediatamente com todas as medidas de flexibilização adotadas até então.
A Associação Comercial e Empresarial de Búzios disse que vai oficiar, nesta quinta-feira, os representantes do Poder Executivo e do Judiciário solicitando o posicionamento de ambos sobre a atual situação sanitária do município e quais medidas podem ser realizadas para evitar “uma ação tão extrema e que pode acarretar resultados traumáticos à manutenção socioeconômica do município com consequências que se estenderão para além deste ano”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo