Início Notícias de Maricá Maricá: Prefeitura amplia rede de internet via fibra ótica

Maricá: Prefeitura amplia rede de internet via fibra ótica

O prefeito Fabiano Horta e o diretor do departamento de Inclusão Digital da secretaria de Telecomunicações do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Américo Bernardes, assinaram na tarde desta quarta-feira (19/07), no Cine Henfil, o termo de doação da “Cidade Digital”. O programa do MCTIC garante ao município uma rede de fibra ótica com internet de alta capacidade que interliga órgãos públicos e oferece pontos de acesso gratuito à população. “O grande ganho é que nós vamos ter conectividade, vamos ter internet com velocidade, integração regional e principalmente serviço público melhor prestado”, afirmou o prefeito. “Nós estamos criando uma estrutura que melhora a cidade e que interliga escolas, postos de saúde e serviços como um todo, dando velocidade ao atendimento e conforto a população”, frisou Fabiano.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Comunicações, Sérgio Mesquita, destacou que esse é o primeiro passo para que no futuro Maricá possa se tornar uma “cidade inteligente”. “Além de todos os serviços que hoje já existe e que a partir de agora Maricá começa a usufruir, também há vários outros serviços que o Ministério vai poder disponibilizar Junto à rede de fibras, como por exemplo, aplicativos para o monitoramento inteligente de serviços como iluminação, trânsito e segurança nos permitindo pensar que no futuro Maricá pode fazer parte do hall de cidade inteligente”, explicou o secretario. Américo Bernardes cumprimentou o prefeito Fabiano Horta pela decisão de incluir uma emenda parlamentar, obtida quando era deputado federal, para a ampliação estratégica do projeto. “Muito mais que acessar conhecimento, o jovem de Maricá vai poder gerar conhecimento. Parabéns a todos os envolvidos.

Iniciado em 2012, o projeto foi dividido em três fases. Inicialmente, na primeira fase, Maricá receberia 8 km de fibra ótica, mas após negociações o então prefeito Washington Quaquá conseguiu que o Ministério ampliasse o número para 14 km de cabos de fibra ótica. A primeira fase também incluiu a interlgação de 15 unidades da Prefeitura: o Paço Municipal, Casa Digital, a sede do GGIM, as escolas municipais Carlos Magno Legentil de Mattos, Rynalda Rodrigues, Joaquim Eugenio, Joana Benedicta Rangel, Ceim Estrelinhas do Amanhã, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), Centro de Infraestrutura do Caxito, Cinema Henfil, a sede da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), o Hospital Conde Modesto Leal, Posto de Saúde Central, Secretaria de Educação e a Secretaria de Turismo e Lazer. Também foram disponibilizados 3 pontos de Wi-Fi gratuitos nas praças Orlando de Barros Pimentel e Conselheiro Macedo Soares, e na Rodoviária do Centro. A expansão, segundo o diretor do departamento de Inclusão Digital, teve de ser interrompida “em função de limitações da companhia que fornece energia” e será agora retomada.

Siga-nos no Facebook:

A partir da segunda fase, que deve começar em dois meses, a responsabilidade do projeto passa ser integralmente da Prefeitura de Maricá. Com os recursos da emenda parlamentar de R$ 400 mil, será possível ampliar a rede para 21 km de fibra ótica na cidade. Nesta fase também serão entregues mais quaro unidades da Prefeitura interligadas e mais 8 pontos de Wi-Fi gratuito liberados em praças. Na terceira e última fase, o objetivo da Prefeitura é chegar a 131 km de fibra na cidade, com 30 câmeras de monitoramento interligadas, 141 próprios municipais interligados e 79 pontos de Wi-Fi gratuitos em praças e escolas. “Em breve Maricá dará um salto tecnológico que vai facilitar muito a vida das nossas secretarias, dos nossos funcionários e a população vai perceber isso”, avaliou o coordenador da Cidade Digital, Roberto Bastos. “Quando a terceira fase for concluída, os estudantes e a população de modo geral terão acesso a ferramentas de interação de forma imediata, algo que facilitará muito a vida de todos”, prosseguiu. “Onde hoje há sinal de internet via rádio o objetivo é fazer por fibra ótica. Naquelas áreas onde não for possível levar a rede, como a região rural, o sinal continuará sendo via rádio”, concluiu. O lançamento foi aberto ao público e contou com a presença do secretário secretários municipais, vereadores e demais autoridades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui