Bombeiros encontram corpo de adolescente desaparecido em CordeirinhoPrevious Article
Maricá na lista de cidades com alto desenvolvimento humanoNext Article
Breaking News

Site do Jornal Maricá Info. As principais notícias de Maricá, Niterói, Itaboraí, São Gonçalo e região. O Jornal de Maricá.

Weather Report United States Of America, Ashburn
+21 C

Maricá: Eleitores não precisam realizar recadastramento biométrico

Espaço da linha+- ATamanho da fonte+- Imprima esta matéria
Maricá: Eleitores não precisam realizar recadastramento biométrico

Os eleitores da 55ª Zona Eleitoral (Maricá) não precisam realizar o recadastramento biométrico que está sendo realizado em todo o país.

Centenas de eleitores já procuraram o Cartório Eleitoral localizado na rua Ribeiro de Almeida para realizado o recadastramento e encontram um enorme aviso afixado na parede do Tribunal Regional Eleitoral informando que os eleitores da cidade não precisam realizar o recadastramento biométrico, que trará mais segurança no voto.

Quem ainda quiser realizar o recadastramento biométrico deverá procurar um cartório eleitoral do município de Niterói.

Para tornar as eleições mais seguras e impedir que uma pessoa vote no lugar de outra, a Justiça Eleitoral está realizando o recadastramento biométrico dos eleitores de diversos municípios do Brasil. Com isso, no dia da votação, após a apresentação dos documentos, a identidade de cada eleitor será confirmada por meio do reconhecimento biométrico de sua impressão digital.

No Estado do Rio de Janeiro, após o recadastramento biométrico do eleitorado de Armação dos Búzios, em 2009, agora é a vez de Niterói participar desse processo. De 29 de abril a 31 de outubro de 2013, todos os eleitores do município devem fazer o recadastramento biométrico, inclusive aqueles cujo voto é facultativo, como os menores de 18 anos, os maiores de 70 anos e os analfabetos. Quem deseja transferir seu título de eleitor para Niterói ou reside nesse município e queira tirar o título pela primeira vez também deve comparecer ao recadastramento.

Os eleitores que não atenderem à convocação da Justiça Eleitoral terão o título cancelado. Além de ficarem impedidos de votar nas próximas eleições, os eleitores com título cancelado não poderão tirar passaporte, prestar concurso público e obter empréstimos em bancos oficiais.

PUBLICIDADE

PATROCINADORES