Início Notícias de Maricá Polícia Civil de Maricá investiga estupro em praça pública em São José

Polícia Civil de Maricá investiga estupro em praça pública em São José

Polícia investiga estupro em praça pública em São José. (foto: Arquivo)

Reportagem: Mauro Luis / Maricá Info

Uma equipe de inspetores do Setor de Investigações da Delegacia de Maricá está investigando um suposto estupro que aconteceu na madrugada de segunda-feira (09) na praça Gilmar dos Santos Trindade, mais conhecida como ‘Praça do Mineiro’, no Centro do bairro São José do Imbassaí.
De acordo com o depoimento da vítima, ela só ficou sabendo do ocorrido através de um vídeo que estava sendo compartilhado no Whatsapp. Ela disse não se lembrar de nada, pois foi a um pagode e ao sair, sentou no banco da praça para descansar, pois estava embriagada.

Polícia Civil de Maricá procura homem que aparece em um vídeo forçando uma mulher a fazer sexo oral.
Polícia Civil de Maricá procura homem que aparece em um vídeo forçando uma mulher a fazer sexo oral.

O ‘estupro’ teria acontecido após um homem negro, magro, vestido de camisa branca, chapéu branco e calça jeans a abordar e, segundo a mulher, forçar-lhe a fazer um sexo oral. Ela disse em depoimento nunca ter visto o homem do vídeo e não se lembra do ocorrido, apenas de chegar em casa de madrugada. No entendimento do Delegado Titular da 82 DP (Maricá), foi estupro de vulnerável. No momento do ‘estupro’ a praça estava vazia. O crime de estupro (Artigo 213 do Código Penal) prevê como pena a reclusão, de 6 (seis) a 10 (dez) anos.

No final da noite da quarta-feira (11), o homem compareceu espontaneamente à delegacia após a repercussão do ocorrido. Ele disse que não a forçou a fazer sexo oral e que ambos estavam bêbados. Ele informou ter chegado na praça por volta das 22h30, quando conheceu a mulher e beberam juntos até as 3h da madrugada.

Praça em que ocorreu o estupro. Pagode rola até a madrugada e moradores reclamam da falta de policiamento. (foto: Gilmar Teodoro dos Santos)
Praça em que ocorreu o estupro. Pagode rola até a madrugada e moradores reclamam da falta de policiamento. (foto: Gilmar Teodoro dos Santos)

5 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia. MARICA ESTÁ DE PARABÉNS, ESTOU GOSTANDO DE VER MARICA ESTÁ CRESENDO QUEM ERA MARICA, NÃO TINHA NADA EU SÓ FICO TRESTE ,QUE ENPREGO QUE É BOM NÃO TEM É SÓ PRA AS PESSOAS QUE SÃO NACIDO DE Marica, porque isso eu não entendo isso eu só fico treste ,é com isso eu moro a 34 anos as minhas filhas tem que trabalhar no Rio porque aqui não tem e só pra as pessoas que moram aqui e naceu aqui em Marica! !

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui