Início Notícias de Maricá Maricá capacita agentes e técnicos para combate ao Aedes aegypti

Maricá capacita agentes e técnicos para combate ao Aedes aegypti

A Secretaria Municipal Adjunta de Saúde, através dos programas Educação em saúde, Combate à dengue (PMCD) e Estratégia Saúde da Família (ESF) realiza desde a segunda-feira (18/01) uma capacitação para agentes comunitários de saúde (ACS) e técnicos de enfermagem do município no que diz respeito ao combate do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. “A proposta é de que os ACS atuem diretamente no combate ao mosquito e realize assim visitas domiciliares e ofereçam orientações aos moradores sobre sintomas das doenças envolvidas, riscos e medidas de prevenção individual e coletiva, com foco na eliminação dos depósitos que favoreçam a proliferação do mosquito”, explica Carolina Monteiro, Superintendente de Vigilância em saúde. Carolina chama a atenção para o fato de que a capacitação segue proposta do Ministério da Saúde a fim de fortalecer a integração entre as áreas de prevenção e de controle na rede assistencial, em especial, na Atenção Básica.

Gilson Andrade é o Coordenador do programa Educação em saúde de Maricá. Ele destaca a importância de cada morador vistoriar a própria casa e evitar assim possíveis focos do mosquito. “Não deixar caixa d água, pneus, latas, garrafas e outros objetos destampados são algumas coisas que a população pode fazer. Em qualquer caso de suspeita de dengue, zika ou chikungunya, é preciso procurar a unidade básica de saúde mais próxima”, afirma. Ainda segundo ele, é importante que o agente tenha o olhar de trazer para o posto de saúde os casos suspeitos”, complementa o Coordenador.

Agente de combate de endemias e um dos palestrantes da capacitação, Márcio Montenegro da Silva explicou dentre outras coisas, as fases da evolução do mosquito. “Queremos sensibilizar as pessoas e mostrar a necessidade da supervisão. O mais importante é combater a procriação do mosquito”, disse o palestrante. Para a ACS de Jardim Atlântico Humbrella Araújo, 29 anos, participar foi uma oportunidade para adquirir conhecimento. “Dessa forma podemos aprender mais até do que imaginamos e passar para nossos cadastrados”, disse a ACS. Para o agente de endemias Joel José Machado, 59 anos, a atividade será importante para o trabalho. “Poderemos junto com a equipe combater à dengue. Isso será ótimo para os moradores de Maricá”, avaliou Joel. A capacitação termina na sexta-feira (22/01). Mais informações pelo Disque Dengue de Maricá. O telefone é 2637 0091.

Cronograma da capacitação

18/01-ESF Caio Figueiredo em Inoã para profissionais do Caio Figueiredo, Inoã I e II, Chácara e Santa Paula;
19/01-Escola CAIC Elomir Silva para profissionais de São José I e II, Ponta Grossa e Retiro;
20/01-ESF Jardim Atlântico para profissionais do Recanto e de Jardim Atlântico I e II;
21/01-Casa Digital para profissionais dos bairros da Amizade, Mumbuca, Ubatiba e Espraiado;
22/01-Posto de saúde da Barra para profissionais de Bambuí, Guaratiba e Barra

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui