Prefeitura de Maricá retoma obras de macrodrenagem em Itaipuaçu

As obras da etapa final da macrodrenagem da Avenida Jardel Filho (antiga Avenida Dois, uma das que corta o loteamento Jardim Atlântico, em Itaipuaçu) foram reiniciadas nesta terça-feira (20/12) pela Prefeitura com a colocação de novas peças pré-moldadas para escoamento da água das chuvas até o desague no Rio Bambu, na altura da Rua Nossa Senhora da Conceição (antiga Rua 86). O trabalho se concentra entre as ruas 50 e 47, onde o trânsito está interditado aos veículos e onde homens e máquinas realizam a instalação. De acordo com a empresa responsável pela obra, a intervenção segue no local até esta sexta-feira (23), será interrompida apenas para as festas de fim de ano e retornará já nos primeiros dias de janeiro.

Segundo a Secretaria Municipal Adjunta de Obras, com o tempo em boas condições a instalação das peças – que têm 1,50 metro de largura e 1,60 metro de altura – deverá estar concluída até a segunda metade do mês, iniciando-se em seguida a pavimentação do restante da via, que foi asfaltada até a esquina com a Rua Jupira Silva (antiga 56). As ruas transversais da via principal também serão urbanizadas. As obras estão a aproximadamente 300 metros da esquina com a Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um), onde o trabalho será finalizado.

A instalação das estruturas para escoamento das águas começou em outubro de 2014 próximo ao ponto de desague, e foi seguida pela urbanização da Avenida Jardel Filho e também de suas ruas transversais. O investimento total da obra é de R$ 29,9 milhões, dos quais R$ 20 milhões são a contrapartida da Petrobras pela construção do emissário de efluentes do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em Itaipuaçu. A região da antiga Avenida Dois era uma das que mais sofria com alagamentos na época das fortes chuvas, mas a situação mudou após as intervenções.

Booking.com

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *