Funcionários do posto onde carro explodiu e matou mulher serão ouvidos nesta segunda

Um frentista e o gerente do posto de combustíveis no bairro Colubandê, em São Gonçalo, onde um carro explodiu na noite de sábado, matando uma mulher e deixando dois homens feridos, serão ouvidos nesta segunda-feira, na 74ª DP (Alcântara), responsável pela investigação do caso. Segundo o delegado Fábio Corsino, os dois funcionários estavam no local no momento da explosão e podem esclarecer o que aconteceu.

O delegado informou ainda que analisará documentação do carro e do posto para saber se a manutenção no equipamento de gás dos dois estava em dia e também o intervalo em que ela era feita.
O corpo de Érica Lima Thiengo Siqueira, de 27 anos, está no Instituto Médico-Legal (IML).

Um vídeo da câmera de segurança do posto, mostra o momento da explosão. Nas imagens é possível ver um homem fora do carro. Com a explosão, ele é alçado para longe.

Os dois feridos foram identificados como Francisco José Gomes da Costa e Jorge Siqueira de Souza. Eles foram levados para o Hospital estadual Alberto Torres, ainda em São Gonçalo. Segundo a Secretaria estadual de Saúde, Francisco José foi atendido, medicado e recebeu alta. Já Jorge permanece internado e seu estado de saúde é estável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline