Agência do SINE em Maricá é referência em atendimento

Procurada por pessoas de municípios como Campos dos Goytacazes, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Tanguá e Itaboraí, a agência do Sistema Nacional de Empregos (SINE) de Maricá, mantida pela Prefeitura, está se tornando referência em celeridade.

Nos primeiros meses de 2017, o serviço registrou um aumento de 35% no atendimento às principais demandas do público, em comparação ao mesmo período do ano passado. “Nosso posto está se tornando conhecido pela agilidade no atendimento, o que nos orgulha e aumenta nossa responsabilidade”, disse o gerente da agência, Lauro Grafanassi.

Entre janeiro e maio deste ano, a emissão de carteiras de trabalho e requisições de Seguro Desemprego totalizaram 4.583 atendimentos, contra 3.378 registrados nos cinco primeiros meses de 2016. Ainda de acordo com a gerência, apenas a empregabilidade no município não melhorou na mesma proporção. “Ainda faltam vagas para recolocar quem nos procura atrás de um emprego”, afirma.

Neste ano o posto encaminhou 38 candidatos a vagas, destes, apenas oito se recolocaram. A queda de investimentos no estado trouxe reflexos em termos de postos de trabalho: no passado, cadeias de fast food e lojas de departamento que abriram filiais no município tiveram todos os seus quadros preenchidos através do Sine.

A Secretaria de Trabalho de Maricá – responsável pela equipe que atua na agência – pleiteia a instalação de um posto para atender à região de Itaipuaçu e descentralizar o atendimento. No espaço que fica na Rua Carlos Rangel nº 51, no Centro, há uma ampla sala para atendimentos, uma para entrevistas (que fica em um mezanino), além de uma área de espera.

O motorista Jackson de Jesus Santos, de 23 anos, confirmou que o atendimento é realmente rápido no local ao dar entrada em seu Seguro Desemprego. “Resolvi rapidinho, o atendimento é bom mesmo. Pena que não tem muita vaga para repor quem perde”, reforçou ele, que hoje atua como autônomo.

Redação Maricá Info

Levamos até você um jornalismo crítico, com imparcialidade e independência editorial. Aqui você tem voz, participe! Envie sugestões de reportagem e denúncias para o nosso Whatsapp: (21) 99621-9049.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline