Início Notícias de Maricá Maricá: Após morte de paciente, prefeitura abre sindicância para apurar denúncia de...

Maricá: Após morte de paciente, prefeitura abre sindicância para apurar denúncia de negligência

Após a morte de um paciente no Hospital Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, a prefeitura decidiu abrir sindicância para apurar denúncias de negligência médica na unidade de saúde.

“O paciente, um homem, deu entrada na noite de domingo, sem qualquer documento de identificação, com ferimentos nas mãos e pernas, possivelmente decorrentes de agressão.

A equipe de plantão constatou que o paciente também tinha um quadro compatível com síndrome de abstinência de álcool ou química. O atendimento foi feito de acordo com o que era recomendado para tal quadro. Na manhã desta terça-feira, no entanto, o paciente sofreu uma parada cardiorrespiratória, foi assistido e entubado – o que descarta qualquer possibilidade de sufocamento por objeto estranho – mas após quarenta minutos de tentativas de ressuscitação cárdiopulmonar não resistiu e veio a falecer.

A sindicância visa a apurar não só a causa real da morte, mas também o fato de ter sido emitido um atestado de óbito com “causa indeterminada” apesar dos sinais evidentes de agressão e do possível quadro de abstinência. O procedimento correto prevê o envio do corpo para o Instituto Médico Legal de forma a ser feita a necropsia. A secretaria deverá tomar tal medida, por considerar fundamental o cumprimento dos protocolos legais”.” Informou a prefeitura através de nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui