Início Região Metropolitana Em Itaboraí, obras do PAC são retomadas

Em Itaboraí, obras do PAC são retomadas

Obras do PAC estão paradas há dois anos. (Foto: Cezar Loureiro | O Globo)

Paradas há cerca de dois anos, as obras do Programa de Aceleração do Crescimento recomeçam nesta semana em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, e 256 famílias, que hoje moram em áreas de risco, começarão a receber suas moradias a partir de março do ano que vem.

O prefeito de Itaboraí, Helil Cardozo, assinou o contrato com a Conan Construções e Montagem Ltda, empresa que venceu a licitação para concluir a construção dos oito blocos de apartamentos. A pedido do prefeito, o empreendimento vai utilizar mão de obra qualificada da cidade, gerando dezenas de empregos diretos.

Obras do PAC estão paradas há dois anos. (Foto: Cezar Loureiro | O Globo)
Obras do PAC estão paradas há dois anos.
(Foto: Cezar Loureiro | O Globo)

“No mesmo terreno onde será concluído o PAC de Itambi, entregamos, recentemente, à comunidade, o 1º Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei), que atende em horário integral 60 crianças de 4 e 5 anos de idade. Até o Natal deste ano vamos inaugurar o posto de saúde e, em março de 2014, entregaremos os primeiros apartamentos”, afirmou Helil Cardozo. “Para resgatar o convênio com o governo federal, que foi abandonado pela administração anterior, cumprimos todas as exigências do Ministério das Cidades. Agora, é tocar a obra e entregar as moradias para quem de direito”.

Siga-nos no Facebook:

“Semana que vem, mobilizaremos cerca de 80 trabalhadores, todos de Itaboraí, atendendo à solicitação do prefeito Helil Cardozo. Até o final das obras do PAC Itambi, em dezembro de 2014, teremos gerado 120 empregos diretos e cerca de 300 indiretos”, disse José Joaquim Ribeiro de Castro, diretor da Conan.

O secretário municipal de Habitação de Itaboraí, Wolney Trindade, também assinou o contrato, como testemunha. Ele foi o principal responsável pela agilização do processo para a retomada das obras do PAC.

“Já foram investidos neste programa R$ 18 milhões. Agora, nesta segunda etapa, serão mais R$ 7 milhões nas unidades habitacionais e R$ 2 milhões na revitalização do centro de Itambi, com pavimentação, drenagem e conclusão da estação de tratamento de esgoto que beneficiará mais de 6 mil famílias”, disse Wolney.

[Fonte: Jornal A Tribuna].

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui