Início Notícias de Maricá Maricá: Enel é campeã de reclamações no primeiro semestre no Procon Municipal

Maricá: Enel é campeã de reclamações no primeiro semestre no Procon Municipal

O Procon Maricá divulgou, nesta quarta-feira (01/08), o balanço de operações do primeiro semestre do ano, no período entre 1º de janeiro e 30 de junho de 2018. Foram realizados 850 atendimentos, somados os preliminares e as aberturas de CIP, que são os processos abertos quando o atendimento preliminar não resolve de imediato.

Entre as empresas mais reclamadas estão a concessionária de energia elétrica Enel (cerca de 40% dos atendimentos), seguida pelas concessionárias de telefonia, com aproximadamente 30% das reclamações. As instituições bancárias, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE) e as redes de lojas completam a lista das mais reclamadas.

Segundo a coordenadora Angélica Spindola, a mudança de local e as campanhas educativas vem consolidando o trabalho. “Com a mudança para o novo prédio dos Sistemas Integrados Municipal (SIM) no Centro, ganhamos maior destaque e a população tem nos procurado com maior intensidade para defende-la nas relações de consumo. Além disso, através do Procon Educa, temos realizado campanhas que orientam os consumidores de seus direitos. Isso faz com que o órgão fique em evidência e nosso fluxo de trabalho aumente”, afirmou.

Nesses seis meses, o órgão atingiu um alto índice de resolução das ocorrências pela própria equipe, encaminhando para o Juizado Especial Civil apenas 10% da demanda. Na maioria dos casos, as CIP’s encaminhadas têm como reclamada a Enel. As cobranças indevidas, multas em decorrência de Termo de Ocorrência de Irregularidade (TOI) e instabilidade na rede são as principais reclamações.

Para Alan Novais, secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio e Petróleo, a aproximação que a secretaria vem promovendo com associações da cidade (Associação Comercial de Maricá – ACM, Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL Maricá e Associação Empresarial e de Serviços de Itaipuaçu e Inoã – Assessi) também contribui para que os empresários locais saibam da atuação do Procon Maricá e se adequem ao que rege o Código de Defesa do Consumidor (CDC). “Com essa aproximação, os nossos empreendedores estão vendo que o Procon Maricá não está na cidade para punir ninguém, e sim educar. Dessa forma, todos entendem a importância de cumprir o CDC e veem que o órgão é um parceiro de todos, já que todos somos consumidores”, afirmou.

O consumidor que necessitar de orientação pode obtê-la através do telefone (21) 2634-1342, por WhatsApp através do número (21) 96831-0475, por mensagem na página www.facebook.com/proconmarica ou diretamente na sede, localizada no prédio dos Serviços Integrados Municipal (SIM), localizado na Rua Álvares de Castro, 2525 – Centro, das 8h às 17h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui